Carta para o meu eu futuro

270515 3

Eu queria que você pudesse me ver agora. Bem, na verdade, você já esteve aqui na minha pele, já passou pelos momentos que ainda são novidade para mim, já quebrou a cabeça e hoje já sabe o segredo de qual o melhor caminho a ser seguido. Ou será que você continua tão confusa quanto eu? Será que você fica aí contando até um milhão antes de se arriscar? Porque se for assim, seria bom que você me dissesse logo qual é a escolha certa para hoje. Assim, eu teria uma chance de chegar aí sem medo de transformar em realidade todas essas – muitas – vontades que temos dentro de nós.

Queria saber, também, se você se lembra de como é estar aqui no meu lugar. Se lembra de como era se sentir totalmente perdida nos primeiros dias da faculdade ou do estágio novo, de como era sair para umas festas que você nem acha tão legal e ficar ouvindo aquele papo chato dos caras que nem se lembram do seu nome enquanto te falam alguma frase clichê qualquer e você, por sua vez, pensando se algum dia um desses caras será legal o suficiente para que você dê sua atenção de verdade.

Será que você se lembra de como é sair com seus amigos para tomar uma cervejinha descompromissada, sem hora para chegar em casa, sem filhos para criar, sem tantas contas para pagar? Queria que você lembrasse que algumas coisas costumavam te fazer sentir feliz e completas, como um livro novo ou aquela temporada da sua série favorita que foi lançada no netflix. Espero do fundo do coração que você tenha se tornado uma pessoa menos ansiosa por respostas da vida, porque isso é algo que hoje realmente me deixa um pouco louca às vezes, como você pode ver agora.

Queria que pudesse me ver e relembrar de coisas que talvez tenham passado para trás. Quem sabe alguns detalhes desapercebidos te fariam enxergar melhor para qual lado seguir aí tão adiante nessa estrada que nos separa por alguns longos e indefinidos anos. Queria que você me dissesse se os sacrifícios valeram a pena, se as noites em claro foram esquecidas e se aqueles meus – ou nossos – sonhos chegaram a ser realizados.

Queria que você fosse tão segura quanto te imagino, que tivesse seus filhos e uma pessoa legal ao seu lado, que te acompanhasse no filme “baba ovo” que lançou e te fizesse uma massagem nos ombros no final daquele dia cansativo. Quero que você seja feliz profissionalmente, fazendo aquilo que te faz bem e te traga boas recompensas, e, ao mesmo tempo, não te impeça de viver do lado de fora do escritório, de conhecer o mundo por aí, de ficar no sofá em um domingo à tarde esperando para pegar no sono depois do almoço na casa da família.

Queria tantas coisas sobre você, te vejo de tantos jeitos diferentes e com tantas possibilidades de vidas tão legais. Mas não sei se é junto contigo essa pressão, já que por aqui, eu continuo batendo cabeça, continuo indecisa quanto aos meus caminhos e continuo tentando acertar da melhor forma possível para nós, mas, em compensação, você não pode querer nada sobre mim, porque na verdade, você ainda nem mesmo existe e está um pouco longe de existir.

Espero que eu esteja seguindo pelo caminho que merecemos, pelos lugares que te darão tanta felicidade como a que eu te desejo.
image